Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

quarta-feira, fevereiro 15, 2006

Sinais


Só pra dizer que te Amo,
Nem sempre encontro o melhor termo,
Nem sempre escolho o melhor modo.
Devia ser como no cinema,
A língua inglesa fica sempre bem
E nunca atraiçoa ninguém.
O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.
Só pra dizer que te Amo
Não sei porquê este embaraço
Que mais parece que só te estimo.
E até nos momentos em que digo que não quero
E o que sinto por ti são coisas confusas
E até parece que estou a mentir,
As palavras custam a sair,
Não digo o que estou a sentir,
Digo o contrário do que estou a sentir.
O teu mundo está tão perto do meu
E o que digo está tão longe,
Como o mar está do céu.
E é tão difícil dizer amor,
É bem melhor dizê-lo a cantar.
Por isso esta noite, fiz esta canção,
Para resolver o meu problema de expressão,
Pra ficar mais perto, bem mais de perto.
Ficar mais perto, bem mais de perto.
Clã

Eu sou daquelas pessoas que acreditam que nos são enviados sinais para que nos possamos orientar na nossa vida. Por vezes esses sinais passam despercebidos e só mais tarde damos conta que realmente houve alguma coisa que nos surgiu e nos quis encaminhar. Outras vezes, esses sinais repetem-se ciclicamente como "luzinhas intermitentes" e que nos fazem reflectir. Mas infelizmente a nossa cabeça está sempre tão ocupada com tanta coisa que nem damos conta dessas orientações. Nem sempre conseguimos intrepretar tudo o que nos vai surgindo e às vezes até damos intrepretações erradas. Estas chamadas de atenção podem surgir de muitas maneiras: através de situações, cheiros, músicas, canções, filmes, pessoas, uma simples frase dita por alguém ou que lemos num livro, pequenas coisas quase que insignificantes... qualquer coisa que imediatamente transporta o nosso pensamento a algo que está por resolver, ou a pensarmos numa pessoa que precisa de nós ou com a qual temos um assunto pendente, ou mesmo que até seja a "chave" de algum problema por solucionar, ou alguma coisa que precisamos de mudar no nosso interior, ou até para nos dar uma resposta a questões que levantamos, algo que precisamos para seguir o nosso trajecto. Tudo isto pode-se dar em fracções de segundo. Daí uma das importâncias de viver o aqui e o agora na sua plenitude. Eu realmente acredito que existem mil e uma coisas que nos podem ajudar a trilhar o nosso caminho e a fazer a nossa aprendizagem da melhor forma. A questão é estarmos atentos, aprendermos a usar a nossa intuição e acima de tudo não vivermos obcecados com a intrepretação de sinais nem pensarmos muito neles. É deixar fluir. Normalmente o primeiro pensamento que nos vier à cabeça é o que é válido. Todos os outros já podem estar adulterados pela nossa mente. Certamente a esta altura já estão a interrogar-se sobre o que tem a ver a letra desta canção com o que escrevi. É simples. Há mais de três semanas que sempre que entro no meu carro e como de costume ligo o rádio, esta música insiste em tocar, por mais que mude de estação, por curto ou longo que seja o trajecto, seja de dia ou de noite, lá está ela a entrar-me pelos ouvidos. Será um sinal? Para mim sem dúvida que o é. Qual a sua intrepretação? Isso já é algo que vou reservar para mim.

4 Comments:

At 9:01 da tarde, Blogger DJ said...

Eu acredito nos sinais... e esse, pode, eventualmente, tratar-se de um sinal mais que válido! Dá atenção ao mesmo!

 
At 1:04 da manhã, Blogger Ega said...

Segundo a minha douta sabedoria tal facto não passa de uma coincidência. Existem certas músicas que as rádios generalistas insistem em colocar no ar de 20 em 20 minutos. Por isso, mesmo que uma pessoa não queira é obrigado a estar sempre a ouvir essas músicas até a exaustão. É uma verdadeira perseguição. Por alguma razão eu já não suporto Cold Play e James Blunt. É que já não há paciência! Não se preocupe, daqui as uns meses deixa de ouvir essa música.

 
At 8:32 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Sinais, interpretação, duvidas, tudo possível em função da fé de cada um...
Mas no final, para que serve tudo isto se não houver ACÇÃO?

 
At 1:49 da manhã, Anonymous YakWolf said...

Só quem não está atento aos sinais que o rodeiam é que se pode permitir de perder grandes oportunidades na vida. E a principal delas é encontrar-se a si próprio para usufruir desse conhecimento no sentido duma vida melhor, prospera e abundante. Mas o sinal mais importante que teimamos em não querer ver, é um unico.O do Amor incondicional, fundamentalmente começando por nós. Pensei nisso.

 

Enviar um comentário

<< Home