Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

sexta-feira, novembro 11, 2005

O "peso" das palavras


GRUPO A

" Ganhar não é tudo, é a única coisa"

(Vince Lombardi, ex-treinador dos Green Bay Packers)

"Porquê ser um homem quando se pode ser um sucesso?"

(Bertolt Brencht, poeta, director teatral, dramaturgo)

"Sucesso é a pessoa que, ano após ano, alcança os limites mais elevados do seu campo"

( Sparky Anderson, ex-gestor de basebol)

Grupo B

"O sucesso é uma viagem e não um destino. Normalmente, o modo como fazemos as coisas é mais importante do que o resultado final. Nem todos podem ser os primeiros"

(Arthur Ashe, tenista)

"O sucesso não é um destino que alguma vez se alcance. O sucesso é a qualidade dessa viagem"

( Jennifer James, antropologista)

" O homem é um sucesso se se levantar de manhã e se deitar à noite, e se durante esse período tiver feito tudo o que lhe apeteceu"

(Bob Dylan, músico)

Se quisessem incentivar alguém a ter sucesso, qual dos grupos de frases, A ou B, escolheriam? Conseguem perceber a diferença entre os dois grupos? Ao dizermos ou escrevermos certas coisas, mesmo com boa intenção, podemos provocar reacções adversas às que pretendemos. As palavras, as frases, têm muito mais "peso" e significado do que por vezes lhes damos. Certas frases podem mudar a vida de uma pessoa, para o bem ou para o mal. Algumas vezes julgamos que estamos a dar incentivo a uma pessoa e estamos a derrotá-la. Ao longo do tempo também adquirmos vários hábitos de linguagem, usamos certas palavras, frases, que podem ser-nos prejudíciais, acabam por se converter na nossa realidade. Quantas vezes dizemos: eu nao consigo, sou tão burro(a), estou farto(a), a vida é complicada, odeio isto ou aquilo, está tudo contra mim, so me apetece fugir... Tentem rever que género de frases usam com mais frequência e analisem como é a vossa vida!

9 Comments:

At 12:59 da manhã, Blogger Ega said...

Eu acrescentaria: cada um chegará ao sucesso no momento em que se compreenda a si próprio.

 
At 5:34 da tarde, Blogger acnp said...

Oi!!
O grupo B parece-me sem dúvida melhor para motivar alguém, principalmente algué que esteja mais desacreditado das suas capacidades.´Concordo contigo, acho que é preciso ter tacto com as palavras porque elas valem mais do que aquilo que por vezes pensamos. Por vezes uma abordagem demasiado positiva-agressiva pode chocar alguém mesmo sem essa intenção... As palavras são "rainhas", essa é uma verdade. Não deveriamos usá-las sem pensar primeiro o que realmente significam. (E quantas vezes não digo eu "Já tou farta disto tudo!"?! axo k devia pensar melhor antes de o dizer...) bjinho *** e bom fds

 
At 6:32 da tarde, Blogger DiAngellis said...

a versão do Bob Dylan, pode estar um bocado deturpada mas é a mais engraçada...

 
At 8:19 da tarde, Blogger DJ said...

Gostei especialmente do "Ganhar não é tudo. É a única coisa", porque é aquela que revela mais sede de vencer e ambição! Aquela que desperta mais vontade para lutar! É aquela que... espevita!

 
At 10:21 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Porque será que todos nós repetimos erros, quando, na teoria, tudo parecemos saber?!
Apesar de tudo, as palavras são mais perigosas no discurso que na escrita, pois na 1ª situação não temos muito tempo para as ponderar.

 
At 5:41 da tarde, Blogger Ega said...

Discordo do anonymous: as palavras são muito mais perigosas na escrita que no discurso oral. Primus, porque verba volant, scripta manent, ou seja as palavras voam e a escrita fica. Secundus, na escrita há todo um processo de construção, há tempo de pensar friamente e usar da razão e bom senso. O problema é que a maioria dos homens, quando pensa friamente não usa daquelas duas faculdades.

 
At 8:11 da tarde, Blogger EuMulher said...

Eu diria que não é preciso compreendermo-nos, mas conhecermo-nos já é por si só meio caminho andado para o sucesso. Quanto a palavras escritas ou ditas... existe sempre o factor intrepretação. Entendo que por vezes dizemos coisas impensadas, devido a uma série de factores, e também por vezes ficamos a matutar em certas coisas que nos dizem e que ao fim de um tempo possivelmente até na nossa cabeça já se acrescentaram ou tiraram umas quantas virgulas, palavras... sempre ouvi dizer que "quem conta um conto acrecenta um ponto". Por sua vez quando escrevemos algo, temos de ter o cuidado ao escolher as palavras de modo a não haver dúvidas que a nossa mensagem chega tal como a concebemos, o que é dificil.Podemos ler e reler por vezes um mesmo texto e intrepretarmos de maneira
diferente. Por isso para mim, palavras ditas ou escritas têm sempre o "peso" que lhes quisermos dar. Quanto a um dos objectivos do meu post, os tais grupos de palavras, penso que o primeiro grupo apresenta frases muito radicais e que nos podem conduzir a sentimentos de culpa e/ou de frustração. Podem conduzir-nos à situação de que nunca nos consideramos suficientemente bons, a menos que tenhamos sucesso e mesmo assim talvez nos questionemos se atingimos o sucesso da maneira como o deveriamos ter feito.Também ao usarmos como base as frases do primeiro grupo possivelmente muita coisa na vida nos vai passar ao lado. Quanto as frases do grupo B, que nos induzem na mesma ao sucesso,ao qual todos temos direito, levam-nos a reflectir que é importante sabermos determinar os nossos objectivos e a termos consciência de que se não conseguirmos ser os melhores em tudo, não somos uns falhados. O mais importante é sabermos que demos o nosso melhor,e que desfrutamos de todo o caminho na busca do sucesso.Mas todos somos diferentes e o que é bom para uns não o será para outros.Eu tenho dois filhos e cedo me apercebi que tinha de usar métodos diferentes de abordagem para cada um deles. Apesar de serem irmãos, de viverem debaixo do mesmo tecto, são pessoas completamente distintas. A maneira de incentivá-los ou de lhes chamar a atenção sempre teve de ser feita de maneira diferente.Maneiras de ver... e aproveitando estarmos a falar de sucesso, desejo-vos muito sucesso nas vossas vidas,e que encontrem a VOSSA maneira de o atingirem.Obrigada pela vossa colaboração e que, de algum modo, o que aqui escrevo sirva para reflectirem e conhecerem-se melhor

 
At 10:23 da tarde, Anonymous Anónimo said...

EGA - eu até aprecio os teus comentários. Mas o que me dirigiste, só com o dicionário de latim lá vou, ou então só passando a ler "filosofia"....
por isso, ainda andes em busca de te compreender....
Cuidado que o tempo urge....
Aguardo mais controversia...

 
At 2:51 da tarde, Blogger whisper said...

"O sucesso não é um destino que alguma vez se alcance. O sucesso é a qualidade dessa viagem"( Jennifer James, antropologista)", é a frase que escolho. :). Um beijo

 

Enviar um comentário

<< Home