Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

sábado, dezembro 03, 2005

Soltar amarras

Peço desculpa pela minha ausência, mas tenho estado muito ocupada.Comecei a fazer arrumações na minha casa. Muitas pessoas acreditam, eu acredito, que a nosso casa reflecte muito do nosso interior. Há 6 anos senti uma necessidade de mudança na minha vida, mas não tem sido fácil. Mudanças são sempre mudanças e enfrentar o desconhecido é difícil. Quase diria que esta mudança me foi imposta. Comecei por me desinteressar de tudo o que na altura gostava de fazer. Talvez agora, depois de muito aprender, aceite muita coisa que outrora me parecia impensável. Sinto que estou a encaminhar-me e resolvi começar a fazer uma limpeza de alto a baixo no meu cantinho. Tenho posto muita coisa fora de casa e procurado ficar com o estritamente essencial. Sempre fui muito ligada ao passado. Livrar-me de alguma recordação era como "morrer" um pouco, como ficar sem história. E guardar recordações quase um vício. Desta vez peguei nos meus 3 caixotinhos onde durante anos guardei muita coisa: diários, bilhetes de espectáculos, convites, cartas, contas de restaurantes onde nessa altura 9 pessoas comiam por 900 escudos, velas de aniversário, petalas de flores, ... mil e um objectos. Passei cada um em revista e desfiz-me de práticamente tudo. Afinal tudo aquilo só fazia sentido para mim. Cada um vive as experiências da vida à sua maneira e é marcado por elas de uma forma única. Para quê guardar tanta coisa? De que serve apegarmo-nos às coisas? Há que fechar algumas "portas" do passado para outras se poderem abrir. As recordações estão cá dentro. Podem não acreditar mas tenho-me sentido mais leve e, organizando a casa parece que tudo dentro de mim também vai ficando mais claro e mais estruturado. Sinto-me mais livre. Certas amarras vão sendo desfeitas. Ainda falta muito mas já vou sentindo diferença. Vou dando mais valor a cada momento que passa. Na realidade de vez em quando precisamos de fazer "limpezas" interiormente: vermo-nos livres do que não interessa, não nos faz falta, que já não nos é útil, organizarmos ideias, limparmos pensamentos... ficar com o essencial. Eu acredito que a nossa casa é o reflexo do nosso interior, e quando mexemos num lado existe necessidade de mexer do outro. Quase arriscaria a dizer: Limpar a casa é limpar a alma e limpar a alma leva-nos a sentir necessidade de limpar a casa.

6 Comments:

At 7:52 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Essencia de mulher - limpa pois quem limpa, aspira, aspira a ser melhor.
Limpa e arruma, porque mais vale arrumar que ser arrumada.
Bocage

 
At 5:29 da tarde, Anonymous Anónimo said...

eu tb precisava de uma limpeza de alma k sujidade k anda por aki!!!**

 
At 12:34 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Há passos que só se dão com essa arrumação por completo. Não é a atirar o passado para o lixo porque nem o bom nem o mau se esquece, fica sempre qualquer coisa, mas é como se conseguíssemos provar a nós mesmos que conseguimos quebrar a corrente que nos liga a uma situação ou um sentimento e estamos prontos para um próximo passo. Como a primeira carta que a ex-namorada escreveu e que guardamos na esperança de a poder reler e recordar ao lado dela. Neste aspecto não são só recordações mas também ilusões que se alimentam em cada vez que se vai à caixinha. Não sei dizer se é a forma correcta de se meter qualquer coisa para trás das costas, mas faz-nos sentir bem. Sentir que foi ultrapassada mais uma barreira e que estamos prontos para a próxima.
Cheguei a ter uma caixa de recordações em que nem sequer mexia com receio do que me pudesse fazer voltar a sentir. É bom quando nos conseguimos desfazer desses receios, desfazer do passado e partir para outra…

dbart

 
At 12:17 da tarde, Anonymous Eu said...

Já tenho saudades de ler os teus posts... escreves incrivelmente bem e passas sempre uma boa mensagem! Escreve e não deixes o blog ao Deus dará!

 
At 4:30 da tarde, Blogger EuMulher said...

Peço desculpa pela minha ausência mas como escrevi neste post resolvi fazer uma "limpeza" em muitas coisas. Espero até ao início do próximo ano conseguir os objectivos a que me propus.Não me esqueci do blog. Vou passando por aqui e a vossa presença sempre me dá força para continuar. Muito obrigada :)

 
At 7:01 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Minha querida amiga,
Estás perdoada, e bom regresso!!
um beijinho
carla

 

Enviar um comentário

<< Home