Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

sábado, agosto 12, 2006

"Pintainhos" de férias


Estou de férias! Bem... a verdade é que estou de férias da cozinha e de alguns afazeres domésticos. Os meus filhos foram para fora. Se fosse ao contrário, ouviria com certeza, um deles, com um sorriso de orelha a orelha exclamar: Que bom! Ficamos com a casa só para nós. Imaginemos o que isso significa. Eu sei como fica a casa sempre que saio por uns dias. Eu só digo: que paz podre! São engraçados os movimentos de uma casa. As pessoas até podem estar todas fora um dia inteiro, mas só o facto de sabermos que regressam ao fim da tarde, à noite ou mesmo de madrugada, não deixa que se instale aquele silêncio, aquela falta. Uma pessoa, só pelo facto de estar presente, mesmo que esteja calada, já por si só emana a sua energia que a faz sentir perto de nós. Quando alguém está longe, e pensa em nós, também podemos de alguma forma senti-la, só que é bem diferente, aí pode "bater" a saudade, a nostalgia... Bem, tenho a casa só para mim, tenho mais tempo livre, há que dar azo à imaginação e aproveitar para me mimar!

14 Comments:

At 10:14 da tarde, Anonymous Borboleta said...

Boa noite! Pintainhos são sinónimos de carinho de reconforto, e também de alguma fragilidade com um dos maiores poderes. O da força Energética do crescimento. O silêncio, calado, grita tão salto esse mesmo poder. Pena, que o mundo, ainda se sinta surdo. Um dia, esse mesmo mundo vai acordar com o grito dos Pintainhos de hoje. Bem hajas

 
At 5:17 da manhã, Blogger Isa said...

Quando os meus pintainhos iam para fora 2 meses, a 1ª semana era mto complicada para mim...

Agora, tenho umas certas saudades de ter esse meu tempinho (se bem que podia ser menos).

Tenho a certeza que vais preencher esse tempo da melhor maneira.

Beijocas

 
At 6:03 da tarde, Blogger DJ said...

É esse o espírito: mima-te! Acima de tudo porque, se não fores tu começar a fazê-lo, dificilmente alguém será! Tem que começar por ti e para ti. Fazes muito bem.

 
At 6:02 da tarde, Blogger rouxinol de Bernardim said...

Boas férias para os pintainhos e... pais...

Bom feriado!

 
At 7:11 da tarde, Blogger pilgrimando said...

Boa tarde,
Quando não há pintainhos há seres outros que se nos dão a braços no toque da alma; é realmente bom sentirmos a energia dos outros no espaço que ocupam mesmo que se encontre temporariamente vazio. AQUELE espaço tão deles e tão nosso a irradiar energia que nos alimenta em golfadas sôfregas. Na ausência, vem o vazio e a novidade de um espaço novo (e simultaneamente o mesmo) que temos de preencher com a partida do outro. Por vezes dói, mas um dia aprendemos a preencher esse espaço novo com um sorriso nos lábios a construir uma sensação de novo e plenitude no convívio e encontro connosco próprios. Nesse momento a serenidade brinda-nos e permite-nos crescer como seres humanos que lutam por “um lugar ao sol” no cinzentismo do quotidiano que por vezes parece crescer de forma claustrofóbica.
Aproveita para te mimares e para dedicares a tua grandeza a um mundo que conta com a excepcionalidade da tua presença. Plena e de corpo inteiro.
Boas férias

 
At 11:18 da manhã, Blogger caninos said...

Boas férias ...

Enquanto pintainhos há uma asa, protectora ...

Tudo de bom para ti e todos os teus.

Beijos

 
At 12:07 da tarde, Blogger Vida said...

Aproveita o teu tempo livre agora para as coisas que adias por falta de tempo, eu bem precisava de uns dias de folga dos meus pintainhos...

Beijinhos com carinho.

 
At 9:19 da tarde, Blogger EuMulher said...

Borboleta... Gostei muito dessa tua abordagem. É sempre importante estarmos atentos à nossa evolução. Por vezes a falta de atenção ou as resistências que causamos á evolução trazem-nos aprendizagens cada vez mais duras. Esperemos que os "pintainhos de hoje", cresçam com uma visão mais alargada da vida e que possam transmitir às gerações vindouras algo de mais construtivo e positivo. Muita Luz para ti.

 
At 9:24 da tarde, Blogger EuMulher said...

Isa... que bom ver-te por aqui.É sempre dificil sentirmos saudades de alguém, principalmente de pessoas próximas. E depois isto de ser "mãe galinha" não é fácil. Tambem nesse campo sei que tenho de fazer muitas aprendizagens. Tenho muitas saudades de quando eles eram pequeninos, o tempo passou muito depressa. Vou tentando preencher o tempo da melhor maneira, para não sentir tanto o vazio, mas ele insiste em estar presente. Beijinhos

 
At 9:30 da tarde, Blogger EuMulher said...

Dj... eu sei que se não me mimar dificilmente alguém o fará, pelo menos da forma que eu espero. Nesse campo já apanhei muitas decepções. Não por culpa de ninguém mas por expectativas que crio. Há que mudar, nesse aspecto, de atitude senão so me magoo. Já vou aprendendo a não esperar nada de ninguém e a contar com tudo.

 
At 9:32 da tarde, Blogger EuMulher said...

rouxinol de bernardim... muito obrigada pela tua visita. Muito obrigada pelos teus votos de boas férias. Dei um saltinho ao teu blog que me causou muita curiosidade mas tenho de la voltar com tempo. Espero que voltes. Beijinhos

 
At 9:49 da tarde, Blogger EuMulher said...

pilgrimando... Primeiro de tudo muito obrigada pela tua presença aqui.Adorei o teu comentário. Tocou-me bem fundo. Por vezes temos realmente de enfrentar certos "vazios" para nos podermos encontrar, nisso tens razão. Procurar o nosso "lugar ao sol" realmente não é tarefa nada fácil. Digo-te que por vezes sinto-me como se estivesse a "remar contra a maré" Mas vale sempre apena lutar. Tudo isso faz parte da nossa evolução e o mal é quando a travamos, ou resistimos. Temos de aceitar um pouco o nosso ritmo também. É complicado às vezes encontrarmos o ponto de equilibrio, principlamente quando em certas alturas sentimos que parece que o Mundo está contra nós e que todo o Universo nos abandonou. O que vale é que sempre temos momentos de clareza e verificamos que tudo são aprendizagens de coisas que são tão simples e nós complicamos. No fundo é nossa "obrigação" sermos felizes, mas possivelmente andamos ou demasiado à procura dessa felicidade, de tal forma que ficamos cegos para as coisas simples e que nos fazem felizes, ou procuramos a felicidade nos locais errados em lugar de a procurar dentro de nós. Eu acredito sempre que o movimento de tudo tem de ser de dentro de nós para fora e não ao contrário. Eu procuro-me mimar-me sim mas... por vezes não sei bem como porque perdi um pouco a minha identidade ao dedicar-me aos outros de uma forma talvez pouco correcta. O melhor que eu posso fazer neste momento para me mimar é ir-me encontrando comigo. O mundo conta com todos nós. Todos somos seres tão especiais e únicos que acabamos por precisar todos uns dos outros. Espero que voltes. Foi muito bom "ler-te".Beijinhos

 
At 9:56 da tarde, Blogger EuMulher said...

perdida... obrigada pela tua visita. Existe uma asa protectora sim só que as vezes demasiado protectora.Não é fácil para mim às vezes dar-me conta que está na hora de eles abandonarem o "ninho" e "criarem asas para voar".Mas faz parte da vida... muitos de nós já passamos por isso e também sabemos que não é fácil crescer.Beijinhos

 
At 10:02 da tarde, Blogger EuMulher said...

vida... vou aproveitando o tempo sim da melhor maneira. Há tanta coisa que quero fazer que as vezes nem sei por onde começar.Eu há uns anitos atrás tambem dizia que precisava de uns dias de folga... agora que os tenho... custa-me. é impressionante como nunca estamos contentes. Realmente quero ver se aprendo depressa a viver melhor o "aqui e o agora", porque o tempo passa muito depressa!Quando os filhos estao pequenos queremos que cresçam depressa, quando crescem temos saudades deles pequenos... ai ai... há realmente que viver momento a momento. Muitos beijinhos para ti. Desculpa não visitar te muito no teu cantinho mas ... lá está o tempo nao perdoa. Mas fico muito contente por te ver aqui. Não me perguntes porquê mas... gosto da tua presença. Tenho um carinho especial por ela.

 

Enviar um comentário

<< Home