Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

segunda-feira, abril 30, 2007

Conclusão da 1ª Revelação


UTILIZAR A PRIMEIRA REVELAÇÃO E AUMENTAR OS BENEFÍCIOS QUE TRAZ
*Tenha consciência de que a sua vida tem um objectivo e os acontecimentos ocorrem por alguma razão.
*Inicie o processo de encontrar o significado que está por detrás de cada acontecimento da vida.
*Reconheça na energia inquieta um sinal de necessidade de mudança e de uma consciência mais profunda. Escute o seu corpo.
*Aperceba-se de que aquilo a que presta atenção se desenvolverá.
*Note quando sente um sinal para conversar com alguém que talvez possa ajudá-lo quanto às suas perguntas actuais. Para onde vai a sua atenção? Em que reparou hoje?
*Confie no seu processo. Viva deixando-se guiar, e não em função de um conjunto de metas impostas. Saiba que está a cumprir o destino da sua vida.
*Comece a escrever um diário pessoal, para registar os acontecimentos sincronísticos. Escrever um diário é uma boa maneira de clarificar os seus pensamentos.(...) Objectivo: Ao tomar devida nota das coincidências registadas no passado, reforça a sua capacidade de as compreender no futuro.

in A Profecia Celestina Um Guia Experimental de James Redfield, Carol Adrienne

Penso que já foi dito nos ultimos posts muito sobre o que aqui está resumido. Dentro da minha maneira de ir vivenciando estas experiências, tenho a dizer que tudo isto deve ser tentado sem ansiedades, sem angustias, sem expectativas. Quando me dei conta dos chamados "sinais" de ínicio isso causou-me uma maneira de estar na vida de certa forma artificial. Queria tirar significado quase de cada segundo que passava na minha existencia. Hoje sinto ja melhor o que é para dar importancia e o que não é. Principalmente se estou à espera de alguma resposta. Sem duvida, e ja mencionei aqui, a escrita de um diário ajudou-me muito nessa aprendizagem. Escrevia ao fim do dia o que achava importante e que me lembrava e verificava mais tarde que realmente esses acontecimentos tinham a ver com situaçoes que se passavam posteriormente. É importante, a meu ver, confiarmos no processo, até mesmo nas alturas em que passamos por grandes provações. Tentar não entrar em desespero, tentar deixar fluir, e agir só quando sentimos que assim o devemos fazer e principalmente de "cabeça fria". Agradeço muito todos os vossos comentarios, toda a partilha que fizeram comigo. Sempre estarei ao dispor para alguma dúvida, alguma nova sugestão. Em breve passarei para a segunda revelação.

24 Comments:

At 12:35 da tarde, Blogger Margri said...

É só para desejar bom feriado, já que estou um pouco gripada e a cabeça recusa-se a pensar ou concentrar-se.
Voltarei outro dia para ler melhor e comentar.

Beijinhos.

 
At 11:39 da tarde, Blogger Hanah said...

vim do blog da wick e volterei assim q puder.....

achei seu blog maravilhoso.


Beijo

Hanah

 
At 2:46 da tarde, Blogger Patrícia Santos said...

Primeiro quero agradecer-te por teres passado no meu "micro-cosmos" e deixado o teu comentário.
Eu também estou ligada ao Reiki, ainda no 1º nível, mas com vontade de continuar.
Do teu post "voltei" a constatar que tenho ma grande lição a aprender e que a estou a aprender muito devagar: A Paciência.
Mas hei-de lá chegar!!
Já "pedi" o livro "A Professia Celestina" para ler, mas gosteu muito desta sugestão de crescimento do Guia.
O meu mail também está associada no blog, sempre que quiseres, gostava muito de falar contigo.

 
At 10:30 da manhã, Blogger greentea said...

bons dias por aqui , que o tempo é pouco para fazer um diário...

digamos que a postagem reflecte as nossas preocupações e a nossa evolução (?)

um sorriso cúmplice

 
At 3:52 da tarde, Blogger Vida said...

No fundo, vamos vivendo, aproveitando todos os momentos bons e aprendendo com os maus, isto é o que eu tento todos os dias.
Já consegui finalmente postar, agradeço imenso a tua nomeação e espero a tua visita.

Beijos.

 
At 8:58 da manhã, Blogger Margri said...

Fizeste um óptimo resumo, que muito poderá ajudar todos os que andamos à procura da razão da nossa existência e de algo mais para além do palpável.
Eu acho que nesta busca, quanto mais estamos atentos (sem ansiedades nem expectativas fixas, como dizes), mais respostas obtemos e mais o nosso campo de visão se alarga progressivamente.

Para mim, um método complementar é pensar no que quero (preocupação, decisão a tomar, causas de qualquer acontecimento) antes de adormecer, desejando que o sono e os sonhos ajudem a ver mais claro.
Isso pode não acontecer imediatamente, mas se persistir durante várias noites, normalmente há uma clarificação, seja pelos sonhos ou por uma espécie de intuição.

O método do diário também deve ser bom, embora eu não o pratique. Cada um tem que procurar o método que mais lhe convém, já que os caminhos são múltiplos.

Beijinhos, e continua a partilhar connosco.

 
At 8:37 da tarde, Blogger Borboleta said...

Disseste 2 coisas importantes: não criar expetactivas e não tentar tirar o significado de cada segundo da nossa vida. Acho que quando estamos expectantes em relação a uma situação de alguma forma bloqueamos o processo. Temos de deixar o processo fluir livremente sem ansiedades. Se tivermos a preocupação de tirar o significado de cada segundo, acabamos por ficar confusas.
Acho que o segredo é realmente acreditar no processo da Vida, deixar que Ela se encarregue de deixar as coisas acontecerem, e acreditando, sem bloqueios, estando atentos aos sinais, a nossa vida flui, e vai dar onde tem de dar.
Beijinho e bom fds.

 
At 12:40 da manhã, Blogger oceanus said...

Apenas duas linhas para te dizer que, este é um excelente resumo de tudo o que foi dito anteriormente e que, o melhor da vida é mesmo deixar que a própria vida possa respirar e sentir as vibrações que nós escolhemos. Mesmo as mais difíceis e complicadas, as mais dolorosas e angustiadas. E sempre me ensinaram que depois de uma grande chuvada há sempre um arco-iris e um raio de sol.
Aqui te deixo um raio de sol...
Bom fim de semana

um abraço do fundo do Oceanus

 
At 5:05 da manhã, Blogger ordePadamaR said...

Lembro-me bem do fascínio que este livro e os seguintes, até chegar ao manual, me causaram. Foi como despertar. A partir por exemplo do exercício de recapitulação, chega-se muito longe...é uma verdadeira psicoterapia. Encontramos padrões no nosso comportamento..começamos a desconstruir automatismos.. Conheci o Xamanismo com este livro e Castanheda; Mergulhei ainda mais fundo, para dentro e comecei a praticar Yoga.. nova transformação profunda e iniciei o estudo do Dharma. Os mestres foram aparecendo, muitos á paisana.. agora estou de novo a estudar..medicina tradicional chinesa e acupuntura..um enorme prazer começa a chegar por via da contemplação das coisas simples, a natureza..com isso a vontade de nos sentarmos, serenar o espírito e meditar..e sentir felicidade, sabendo que está sempre ao nosso alcance...ali !
Acho que vou ler de novo o livro por estes resumos..apesar de ser um inveterado cinéfilo, não vi o filme, mas acho que não perdi muito..perdi ?

 
At 3:23 da tarde, Blogger Jardineira aprendiz said...

Amiga, tenho andado bastante cansada para vir ler e comentar com calma. Entretanto não encontrei o livro, mas olhei para ele no supermercado e não me apeteceu nada comprá-lo! Devo portanto concluir que não está na hora de o reler?!! :)

Entretanto tenho posto em questão algumas das coisas que escrevi por aí abaixo! Não me vou alongar sobre isso porque é um pouco pessoal, de qualquer forma estes posts são um bom exercício de reflexão!

Um beijo

 
At 1:12 da manhã, Blogger wicky said...

tenho tido tão pouco tempo q quase não tenho vindo aqui...
foi bom estara falar contigo, trouxe-me novas ideias e ela à tarde já estava mais calma.
Sem dúvida que voltou de novo para resolver o conflito anterior e perdoar ao marido.
Um xi para ti

 
At 10:52 da manhã, Blogger EuMulher said...

Margri... com tanto tempo que levei a vir aqui espero que já estejas recuperada da gripe. Em relação ao teu segundo comentário, eu penso que é importante vivermos a vida de uma forma consciente e dentro daquilo que realmente faz sentido para cada um de nós. O que falas em relação aos objectivos tambem para mim faz sentido. É bom antes de dormir tentarmos visualizar os nossoa objectivos como se estivessem a realizar, como se estivessemos a dirigir o filme da nossa vida. Penso que é nesse instante em que estamos quase a entrar no sono e que estamos sob o efeito de outro tipo de ondas, e de maior ralaxamento que as coisas resultam melhor. O estado entre o sono e a vigilia é muito bom para nos centrarmos no que desejamos. Claro que depois até poderemos obter em sonhos, ou no dia seguinte ao despertar, ou durante o dia varias pistas sobre como actuar.Concordo plenamente com o final do comentario... cada um tem de tentar perceber o que é melhor para si. Penso no entanto que quanto mais abordarmos questões como estas, cada um trocando as suas ideias, tudo pode ser mais rapido. Um grande beijinho

 
At 10:52 da manhã, Blogger EuMulher said...

Hanah, muito obrigada pela visita e espero que voltes. Beijinhos

 
At 11:01 da manhã, Blogger EuMulher said...

patricia santos...tenho pena de não me ser possivel ir visitando blogs e ir comentando. Por vezes visito mas já não chega o tempo para comentar. Logo o primeiro nivel de Reiki da nos uma abertura diferente. Penso no entanto que é importante ter uma certa ligação com a pessoa que nos iniciou para estarmos completamente à vontade para expor qualquer duvida por pequena que seja. É bom nesse começo, nesse despertar, não deixar nada ao acaso. Falo isto porque quando fiz as primeiras iniciaçoes vi me um pouco sozinha e na altura tambem nao haviam muito livros e confesso que certas mudanças, por não as estar a entender muito bem não foram faceis de fazer. A paciência é algo que se vai aprendendo tambem. Sei bem o que é estar ansiosa por ver resultados e sei que isso leva a que os resultados ainda demorem mais a chegar. Claro que chegas lá! Podes começar por alterar um pouco essa forma de pensar e de te expressar. Em vez de dizeres : hei de la chegar podes dizer estou a chegar la por exemplo. Foi só uma dica. Sei que muitas vezes certas mudanças na nossa forma de nos expressarmos ajudam muito. Podes me escrever sempre que quiseres eu farei o mesmo. Beijinhos

 
At 11:05 da manhã, Blogger EuMulher said...

greentea...o tempo nem sempre dá para tudo o que queremos. Por isso as vezes é bom fazermos o resumo das coisas, como fiz neste post mas claro ajudada pelo Guia, para que não nos percamos com coisas que nos levem a atençao para outro lado. É como na vida... carregamos tanta coisa que nos distrai e não faz falta... Um sorriso tambem para ti. Beijinhos

 
At 11:08 da manhã, Blogger EuMulher said...

Vida... irei visitar te logo que me seja possivel. Já é muito bom quando tentamos aproveitar cada momento e quando paramos um bocadinho para tirar de certos momentos as aprendizagens que temos a fazer. Muitos de nós simplesmente vão vivendo a vida, dia apos dias, deixando passar ao lado muita coisa.Beijinhos

 
At 11:13 da manhã, Blogger EuMulher said...

Borboleta...No fundo é tentar procurar um certo equilibrio, como em tudo na vida. Não estarmos completamente desatentos nem estarmos obcecados. É importante realmente, como tu dizes, acreditar no processo da Vida, confiar! O Universo sempre conspira a nosso favor mesmo que por vezes tenhamos de passar por situaçoes que são dolorosas. Claro que nem sempre é facil... mas há que ir tentando, penso eu. Beijinhos

 
At 11:17 da manhã, Blogger EuMulher said...

Oceanus...por vezes há coisas que aprendemos, que até sabemos fazerem sentido, mas que temos dificuldade de por em pratica. Mas alem da paciencia que falei no comentario da patricia santos, a persistencia e a tolerancia para connosco tambem é muito importante.Muito obrigada pelo teu raio de sol. Muita Luz tambem para ti. Beijinhos

 
At 11:23 da manhã, Blogger EuMulher said...

ordepadamar...Muito obrigada pela tua presença. Estes livros tambem me marcaram muito e levaram me a reflectir em muitas coisas e consequentemente a enfrentar certas mudanças.Tambem já fui percorrendo um certo caminho. Fui abrindo umas portas, fechando outras.Sem duvida, para mim, o segredo está nas pequenas coisas, nas coisas simples.Quando aprendemos a observa las encontramos um mundo vastissimo. Eu tambem não vi o filme... e mais ainda... nem sequer sabia que existia um filme. Beijinhos

 
At 11:30 da manhã, Blogger EuMulher said...

jardineira aprendiz... Não te preocupes... eu tambem tenho tido pouca disponibilidade para vir aqui. Talvez as coisas tenham de ser assim mesmo, para dar possivelmente tempo para as pessoas reflectirem, ou para virem aqui. Se não tiveste vontade de comprar o livro é porque não o tens de ler... nao forces. E sempre que vieres aqui, nem tudo tem de fazer sentido para ti. Não existem so estas "verdades". É muito bom teres posto em questão certas coisas que escreveste. No fundo o importante e encontrares o que te faz feliz, o que te faz sentir bem, mesmo que não vá ao encontro de nada que leias ou que te digam.Um grande beijinho. Se precisares de alguma coisa eu tenho um mail associado a este blog e poderemos trocar impressoes.

 
At 11:32 da manhã, Blogger EuMulher said...

Wicky...Tambem eu gosto muito de trocar impressoes contigo. Temos de ver se conseguimos ter um tempinho para que isso aconteça com mais frequencia. E ja sabes... sempre que precisares de alguma coisa... estou ao dispor.Muita Luz para ti. Beijinhos.

 
At 12:55 da manhã, Blogger greentea said...

´deixei um apelo , se puderes vai lá

 
At 11:39 da manhã, Blogger Nuno Martins said...

Gostei mto do que aqui deixaste, neste teu ultimo post. Aguardo a 2ª revelação.

Um beijinho

 
At 5:22 da tarde, Anonymous pilgrimando said...

Revela-se verdadeiramente difícil permitirmo-nos o(s) tempo(s) e o(s) espaço(s) necessários para que a nossa verdade se revele ante as nossas expectativas. Estamos, regra geral, demasiado ocupados à procura de uma verdade; uma essência que criamos e vimos criar à nossa própria imagem. Ou antes, à imagem de uma massa que se mascara todos os dias atrás de uma identidade outra que vai ter de ser rasgada, um dia, para não permitir o afundar contínuo da pessoa na mentira que cria e vê criada para si.
Depois caminha-se e cresce-se. Não tanto por fora, sobretudo por dentro, e a verdade irrompe num movimento assertivo que faz estremecer a estrutura basilar da nossa existência ao fazer ruir crenças e (in)certezas de sempre.
Crescer pode doer (e regra geral dói), mas faz parte da nossa evolução abraçar tudo aquilo que o universo tiver para nos oferecer para que tudo se revele detentor de sentido e contribua para o crescimento que se impõe. A pulso.
Obrigado pela tua mensagem.sempre.
beijinho

 

Enviar um comentário

<< Home