Essencia de Mulher

Um blog para mulheres e homens de mente aberta

sexta-feira, outubro 28, 2005

As aparências iludem...

Há uns anos atrás, eu e o meu marido entrámos numa loja muito "in" de móveis. Logo de imediato uma senhora, que se encontrava atrás de um balcão, levantou-se, e de cabeça erguida, costas muito direitas, dirigiu-se a nós. Olhou-nos de cima abaixo. Coisa que eu detesto. Realmente talvez não estivéssemos vestidos à altura para a ocasião ou local. Tinhamos acabado de fazer uma longa caminhada, estávamos um pouco transpirados, de sapatos e roupa próprios para o efeito. A senhora empinou o nariz e perguntou: Que desejam? Nós íamos procurar uns candeeiros para a nossa sala. Começamos o "tour" pela loja, sempre com aquela presença altiva atrás de nós fazendo questão de dizer a toda a hora o preço dos candeeiros com um ar de quem estava a perder o seu precioso tempo connosco. A certa altura vi uma jarra com borboletas. Adoro borboletas. Fiquei encantada com aquela peça. O meu marido perguntou o preço. A dita senhora, olhou-nos com um ar de gozo e respondeu: Esta jarra é muito cara, é uma Versace e como pode calcular... De pronto o meu marido retorquiu: Versace ou não, gostámos da jarra, por favor pode embrulhá-la porque vamos levá-la. Bom... escusado será dizer que a partir daí fomos tratados nas "palminhas". Até nos vieram trazer vários candeeiros a casa para vermos quais ficavam melhor na nossa sala. Sempre que olho para a jarra, lembro-me deste episódio e o quanto é triste as pessoas agirem desta maneira. É preciso mostrar que se tem algum dinheiro para ser-se bem tratado? Apesar de ser da opinião que o nosso exterior reflecte o nosso interior, sei também o quanto as aparências iludem. Já não é muito bom fazermos julgamentos, mas crescemos a fazê-los, faz parte do ser humano, quanto mais julgarmos e pormos de parte as pessoas pela sua aparência. Todos somos especiais, todos temos algo para dar. Nem todas as pessoas encaixam na nossa maneira de ser. Também não pudemos agradar a todos. Sempre penso que quem se cruza no nosso caminho, tem algo para nos ensinar e algo para aprender connosco. Pela minha maneira de estar na vida, nada acontece por acaso. Esta senhora, que apareceu nao minha vida nesta situação pouco agradável, ensinou-me alguma coisa. Fez-me sentir na pele o que é a descriminação, por exemplo. Eu saí-me bem desta situação, mas muitos não têm essa sorte. Porque não aceitar os outros tal como eles são? Porque não dar oportunidades às pessoas de mostrarem o que realmente são? Porque não tentar ver para além do que nos é mostrado?

5 Comments:

At 11:42 da tarde, Blogger Ega said...

É o clássico problema da maioria dos homens: valorizam mais o ter em detrimento do ser. Eu já me resignei...

 
At 10:03 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Por acaso se há coisa que eu detesto é gente que vive de aparências!!! odeio!!!!!! e há tanta gentinha por esse mundo fora assim :( ^Erina^

 
At 6:24 da tarde, Anonymous paulo said...

sim tudo gira em volta do dinheiro k se tem ou ñ infelizmente ,transformam as pessoas estas sao +simpatikas mais dadas qd aparentas ter guito o k é deveras curioso!é um mundo de aparençias eu diria de bens materiais onde até as relaçoes já sofrem por causa dessa mentalidade...beijoes paulo**

 
At 11:47 da tarde, Blogger EuMulher said...

Meu caro Ega... já tinha estranhado a sua ausência. Pensei que tinha posto de lado as visitas aqui ao meu cantinho. Realmente hoje em dia vive-se muito em função do "ter". Eu ainda não me resignei.
^Erina^.... obrigada pela tua presença :) e pelo teu comentário. Se Shakespear fosse vivo talvez dissesse : ser ou parecer heis a questão.
Paulo...Obrigada também pela tua visita e comentário. Parece que estamos práticamente todos de acordo. Infelizmente o dinheiro hoje em dia está na base de quase tudo. Penso no entanto que isso é uma ilusão. O dinheiro não compra o que mais precisamos.

 
At 10:29 da tarde, Anonymous Isabel said...

É mesmo uma tristeza certas pessoas. Vivem no mundo das aparências. São umas tristes. Não sabem que o que vale alguma coisa numa pessoa é o seu interior, o que ninguém vê. Enfim...
UM beijo
Isabel

 

Enviar um comentário

<< Home